October 20, 2020
 
 
 
PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Orientações e Metodologia

Por Que Razão se Medem as Capacidades?

A metodologia de Auto-Avaliação das Capacidades Nacionais destina-se a ajudar os países a identificar os seus pontos fortes e fracos relativos, as suas prioridades de capacitação e os progressos que operam com o decorrer do tempo e face a outros países; a planear apoio para surtir o maior efeito possível; e a avaliar o impacto do apoio dos doadores.

Como se Medem as Capacidades?

As capacidades são medidas usando uma metodologia definida de forma objectiva para facilitar a comparação nos países e com o decorrer do tempo. Os países actualizam os seus resultados de 6 em 6 meses, em consulta com DFI. Os resultados acordados são avaliados face às referências "Baselines" (o ponto em que o apoio começou) e aos objectivos "Targets" (os resultados previstos que um país espera atingir como consequência do apoio).

O Que se Mede?

Todas as áreas cobertas pela assistência do PFC CPE são avaliadas em pormenor:

1. Capacidade para Observar os Códigos e Padrões Internacionais

2. Plano de Acção de Políticas CPE

3. Quadro Legal e Institucional

4. Gestão, Supervisão e Ambiente de Trabalho

5. Aceitação de Dados, Análise e Políticas

6. Equipa Formada Disponível para Monitorizar e Gerir CPE

7. Recursos Humanos

8. Empreendimento de Inquéritos

9. Mecanismos de Prestação de Contas Não-Inquérito

10. Registo e Compilação

11. APE e Análise Macroeconómica

12. Percepção dos Investidores e Análise RSE

13. Prioridade Política e Liderança

14. Transparência, Avaliação e Controlo

Documentação e Descarregamentos

Queira contactar DFI para mais informações.

 

Assine o Boletim Electrónico

French
Portuguese
Spanish
English

Onde trabalhamos

wherwwework_map_small